Áreas de Atuação, Projetos e Parcerias

Imagem: Reprodução

Imagem: Reprodução

Áreas de Atuação

A área geográfica de atuação institucional do IAC é constituída por uma região que compreende 13 (treze) municípios, que compõem o chamado Território da Cidadania do Sertão Central, neste desenvolvendo projetos voltados para o fortalecimento da agricultura familiar, baseados nos princípios da Agroecologia, da Economia Solidária e da Justiça de Gênero.

A amplitude dessa área geográfica deve-se especialmente ao Programa de Formação e de Mobilização Social para a Convivência com o Semi-Árido, o Um Milhão de Cisternas Rurais (P1MC), Programa de Cisternas, um programa do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), e no Ceará executado em parceria com o Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA) e o Projeto Inovando em Agroecologia, um projeto que faz parte do Programa Semear do Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (FIDA), do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), e da Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID), executado através do Programa Gestão do Conhecimento em Zonas Semiáridas do Nordeste do Brasil.

Projetos

Dentro das linhas estratégicas trabalhadas pelo IAC são desenvolvidos os seguintes programas:

1. Programa de Cisternas para o Consumo Humano: Ministério do Desenvlvimento Social e Combate à Fome (MDS) e Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA);

2. Programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2):Ministério do Desenvlvimento Social e Combate à Fome (MDS) e Articulação Semiárido Brasileiro (ASA Brasil);

3. Programa Quintais Produtivos: Ministério do Desenvlvimento Social e Combate à Fome (MDS) e Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA);

4. Programa Acesso à Água para Consumo Humano da Zona Rural: Ministério do Desenvlvimento Social e Combate à Fome (MDS) e Banco do Nordeste do Brasil (BNB).

Parcerias

Todo o trabalho do IAC é resultado da formação de parcerias e convênios com órgãos governamentais no Brasil, como o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), através da Secretaria de Desenvolvimento Territorial (SDT) e outras instituições, como a Articulação Semiárido Brasileiro (ASA Brasil), o Banco do Nordeste do Brasil (BNB) através do seu Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (ETENE) e o Instituto Semear.

voltar